Metodologias ativas: Peer Instruction – PI

A Peer Instruction, também chamada de Instrução pelos Colegas é um método desenvolvido Eric Mazur.

Usado por muitas escolas e universidades do mundo, tem o objetivo tanto de engajar os estudantes como de levantar dificuldades a respeito dos conteúdos de aula.

Dessa forma, esse método ativo pode ou não ser precedido por material introdutório extraclasse.

Nesse caso, os alunos respondem três questões de texto livre, que contam pontos na avaliação.

Em geral por meio de algum sistema de apoio à aprendizagem (ead).

Duas questões são relacionadas a aspectos chave do tema.

E na terceira questão o aluno descreve as dificuldades ou motivações que encontrou na leitura.

Com isso, ao mesmo tempo em que a leitura é incentivada, o professor recebe uma visão prévia sobre as dificuldades dos alunos com o conteúdo.

As aulas presenciais do Peer Instruction seguem o seguinte roteiro:

1) Dez a quinze minutos de explanação pelo professor.

2) Dois a quatro minutos para os alunos responderem, individualmente, um teste conceitual (ConcepTest).

Esse teste é de múltipla escolha.

As respostas são computadas por sistemas simples de cartelas levantadas pelos alunos.

Ou por sistemas eletrônicos específicos para isso, como clickers.

3) Se menos de 30% dos alunos acertar o teste conceitual, o professor revisa os conceitos explanados e os alunos repetem o teste.

4) Se entre 30% e 70% dos alunos acertam o teste conceitual, eles têm mais três minutos para, em grupos pequenos, tentar convencer uns aos outros (instrução pelos colegas) sobre a resposta certa.

Enquanto isso o professor caminha entre os grupos observando e incentivando a discussão.

E, após esse tempo, os alunos repetem o teste.

5) Se mais de 70% dos alunos acertam o teste conceitual, o professor comenta cada uma das opções do teste, usando novos testes se necessário ou partindo para um novo tópico.

Esse método prevê que se possa desenvolver um tema a cada 15 a 20 minutos.

Os resultados apontam melhoras pelos estudantes, tanto no domínio, tanto de raciocínio individual, quanto de resolução de problemas quantitativos.

Peer Instruction

Por que usar o Peer Instruction em sala de aula?

O Peer Instruction permite um ambiente colaborativo.

Já que os alunos estudam em grupo, discutem diversos temas e assumem inclusive funções de professores.

Além disso, depois de responder uma questão (e errar), o aluno estaria mais aberto para ouvir, tanto o professor quanto seus colegas.

Assim, percebemos que alguns dos principais ingredientes do método são:

  • estudo prévio (ou seja, incentivar o aluno a aprender com fontes primárias);
  • feedback constante aluno-professor;
  • interação constante;
  • o aluno tem que fazer. 

O desafio e o propósito do Peer Instruction, portanto, seria mobilizar o aluno a estudar.

By | 2018-08-20T21:27:06+00:00 28.08.18|1 Comentário

Sobre o Autor:

Graduada em Ciências Biológicas (licenciatura) pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais, Mestre em Ciências (ênfase Ensino de Biologia) pela Universidade de São Paulo. Trabalha com biologia geral, com ênfase em estratégicas didáticas e linguagem.

Um Comentário

  1. Brunno Câmara 02/09/2018 em 17:49- Responder

    Gostaria de parabenizar pela iniciativa de trazer essas metodologias aqui. É muito difícil achar um conteúdo confiável e bom como esse. Vou colocar em prática.

Deixar Um Comentário